Pesquisa Guilherme Guido – Beta Alanina

Pesquisa Guilherme Guido – Beta Alanina

FullSizeRender (58)Desde o ano passado, estou testando na prática algumas suplementações com meu atleta de triathlon, Guilherme Guido.  Nosso trabalho consiste em manter uma “dieta de base” já ajustada para todas as atividades realizadas por ele no dia a dia. A dieta em si não é o assunto de hoje, mas vale sempre reforçar que antes de qualquer suplementação temos que pensar na dieta de base. É ela quem vai garantir toda a recuperação do atleta e fornecer a base principal para que a suplementação tenha o resultado esperado.

Dito isso, voltamos para a suplementação. Já avaliamos a suplementação de lactato (veja o resultado clicando aqui) e desta última vez resolvemos dosar, na prática, o resultado da Beta Alanina (para saber o objetivo desta suplementação, clique aqui). Para aproveitar a suplementação para a próxima prova que o atleta faria (Power Man), nós calculamos o início desta em torno de 3 a 4 semanas antes da prova (OBS: a suplementação de beta alanina não deve ser constante e sim estrategicamente programada para algumas competições).

Nossa pesquisa consiste em suplementar, dosar alguns marcadores no sangue (na prática da atividade) e observar se, no caso dele, tivemos os resultados esperados. Desta forma podemos ajustar corretamente toda a suplementação e alinhar à alimentação sempre em busca de melhora da performance.

Neste caso, fizemos a suplementação de beta alanina diária durante 4 semanas. Criamos um protocolo de atividade para avaliar a suplementação. Resumindo aqui: antes de iniciar a suplementação dosamos o lactato sanguíneo do Guido em repouso e depois buscamos o limiar anaeróbio; ou seja, o momento exato (em qual frequência cardíaca) que ele não conseguia mais manter estável este valor de lactato. (Só explicando rapidamente: avaliar o limiar de lactato é fundamental para garantir o melhor resultado de um atleta em prova, pois podemos saber exatamente qual a máxima frequência que este atleta pode manter sem “quebrar” no meio da prova).

sem suplementação - em repouso
sem suplementação – em repouso
atingido o limiar - sem suplementação
atingido o limiar – sem suplementação

Todo o teste foi feito com a corrida na esteira. Em um primeiro momento (sem a suplementação), encontramos este valor de limiar quando o Guido atingiu a frequência cardíaca de 160pbm (fotos ao lado). Isso ocorreu na velocidade 18 km/h da esteira. O resultado do limiar dele estava próximo ao que mostra a literatura, que sugere o cálculo do limiar próximo a 80% da frequência máxima.

 

 

Após 4 semanas da suplementação diária de Beta Alanina, tivemos um resultado bem positivo (de acordo com o que esperávamos com a suplementação). Usando o mesmo protocolo anterior, o atleta não chegou aos 160 batimentos com a esteira a 18 km/ h (provavelmente houve uma evolução na capacidade aeróbia). Ele só atingiu essa frequência aos 20 km/h e neste momento não obtivemos o valor tão alto de lactato como na primeira dosagem, ou seja a 160 batimentos/ min não chegamos ao limiar de lactato. Houve exatamente o esperado: aumentamos o limiar de lactato. O que na prática significa que ele possivelmente aguentaria uma prova mantendo uma velocidade maior e uma frequência cardíaca também mais elevada que os 160 bpm sem “quebrar”.

IMG_1318
resultado máximo encontrado após a suplementação

Passaremos agora para uma outra etapa, onde avaliaremos outras estratégias nutricionais e/ou de suplementação.

 

 

Obrigada, Guido pela dedicação e participação. Agradecimento especial também a todos que acreditam e incentivam o nosso trabalho: Academia Proforma e Farmácia Analítica.

 

 

 

 

Um comentário em “Pesquisa Guilherme Guido – Beta Alanina

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s