Estratégia Nutricional para a Maratona

Estratégia Nutricional para a Maratona

FullSizeRender (11)Muita gente está se preparando para correr a Maratona do Rio, em Maio.. E, como correr 42 km não é uma tarefa fácil, a alimentação torna-se um aliado fundamental para que o objetivo seja alcançado com sucesso.  A estética (perda de gordura..) acaba vindo como uma consequencia do foco em melhora de performance na atividade.

 

Agora, além dos treinos cada vez mais intensos, a alimentação deve estar cada vez mais justa (e junto) com esses treinos. Algumas “estratégias nutricionais” são fundamentais para manter-se bem durante as corridas mais longas e garantindo também um gás para o final da prova.

 

Vou abordar aqui hoje uma das “estratégias” utilizadas que é a recuperação dos treinos (pós treino). Diria que este é um dos “momentos chaves” para garantir a evolução da performance na corrida.

 

Algumas pessoas demoram a entender isso e acabam comendo pouco no pós treino por 2 razões: OU pelo fato de se sentirem “enjoadas” neste momento OU querendo mesmo reduzir o % de gordura. Mas acredite: fazer um pós treino de forma correta é a chave para render melhor nos treinos seguintes.

IMG_4965A quantidade dos macros (carboidratos/ proteína) pode variar em função do volume do treino. É importante que seu nutricionista saiba como é o seu treino para que você tenha o suporte nutricional apropriado para aguentar treinos muito longos. Esses treinos tão volumosos consomem o chamado glicogênio muscular (nossa reserva de glicose) e a reposição deste no final da atividade mostra-se fundamental.

Como exemplo, uma BOA opção de pós treino seria combinar uma fonte de  proteína de fácil digestão (whey, por exemplo) com um carboidrato de mais rápida absorção (tapioca, por exemplo). O sabor agradável é importante neste momento, pois, com a endorfina elevada, muitos atletas tem dificuldade de comer ao terminar de correr. As quantidades variam em função do volume de treino e, dependendo do momento, podem estar associadas à cafeína (em cápsulas ou o próprio café).

IMG_3293Se eu pudesse deixar um “conselho” básico seria: não negligencie o seu pós treino. Acredite nele para o melhor rendimento nos treinos seguintes e o faça bem feito!

 

Até mais..

 

Fotos: Guilherme Guido e Maria Rocha (papo gula).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s