Estratégias Nutricionais: Perda de Gordura e Evolução nos Treinos.

FullSizeRender (2)Será que é necessário mexermos na estratégia do programa Nutricional para redução do percentual de gordura? E para melhora de rendimento?

 

Muita gente acha que a partir do momento em que uma determinada alimentação está funcionando bem e gerando a energia necessária para a atividade não há mais necessidade de mexer em nada! Tem gente que gosta de manter os mesmos alimentos sempre! Apesar de eu não classificar isso como algo “RUIM”, acho importante mostrar que em casos de pessoas que busquem realmente uma melhora de performance/ perda de gordura, a mudança de estratégias (nutricional ou na suplementação ou no próprio treinamento) obrigam o organismo a trabalhar de uma forma diferente até gerar uma nova adaptação.

 

A ciência nos prova que esta mudança (até gerar esta nova adaptação) pode ser extremamente benéfica para a performance, podendo gerar, por exemplo, aumento de sinalizações importantes (PGC –1 alpha; AMPK) e consequente aumento de mitocôndrias o que será fundamental para a melhora na utilização de gordura como fonte energética. A vantagem, neste caso, seria uma melhora na composição corporal (redução do percentual de gordura) e melhora da performance em atividades longas, uma vez que podemos poupar o estoque de glicogênio.

 

Para que isso ocorra, muitas vezes, precisamos sacrificar algum período de treino; ou seja; em algum momento o treino pode não render tão bem, uma vez que estamos (via alimentação) “forçando” o organismo a se adaptar a uma nova fonte energética.

 

Isso, inicialmente, pode gerar uma queda de rendimento, mas gerará as sinalizações fundamentais para evolução e melhora, posterior, de performance.

 

Obviamente todo este trabalho deve ser feito junto com o treinador, pois este momento não pode “bater” com momentos importantes de provas no calendário anual. Como eu disse no início, tudo é uma estratégia bem pensada e calculada individualmente. Eu sei que é “clichê”, mas vale reforçar: o trabalho é feito em equipe! Sempre!

 

Foto: Maira Tavares.

3 comentários em “Estratégias Nutricionais: Perda de Gordura e Evolução nos Treinos.

  1. Concordo, Julia. Muitas pessoas querem ter resultados diferentes fazendo as mesmas coisas sempre. O que você acha do jejum intermitente? Andei pesquisando e parece interessante!

    Curtir

    1. Oi, Juliana!
      Descupe a demora! Não sei pq este comentário ficou perdido por aqui.
      Particularmente não gosto muito deste tipo de dieta para atletas não.. Acho que compromete a reposição de glicogênio entre outras sinalizações importantes para performance…
      O que vc acha?
      Bjs e obrigada,

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s