Como funciona a suplementação de Beta Alanina?

Como funciona a suplementação de Beta Alanina?

IMG_4698Acho vantajoso explicar para os atletas/ pacientes de que forma cada suplemento fornecido ajudará na melhora de rendimento da atividade. Desta maneira eles podem forçar mais no treino para ter a exata resposta metabólica esperada. Assim, aumenta-se também a adesão à dieta e a credibilidade de cada nutriente.

 

Vou focar hoje em uma suplementação que tem sido bastante estudada e, cada vez mais, entendemos os seus benefícios – a beta alanina.

 

Ela é um componente da Carnosina (um di-peptideo sintetizado no músculo através da histidina e da beta-alanina). Essa última é fundamental para os treinos que exigem utilização do metabolismo anaeróbio, ou seja, treinos bem intensos e curtos. Neste tipo de exercício não temos “tempo suficiente” para gerar energia utilizando o oxigênio e, por isso, começamos a produzir um excesso de lactato (e a liberação de íons de hidrogênio) e, consequentemente, reduzimos (acidificamos) muito o nosso pH. A carnosina é responsável por tamponar este meio, neutralizando o excesso de ácido. Essa “ajuda” é super efetiva e é ela quem garante que o atleta consiga ficar um tempo maior em uma atividade bem intensa (o que, muitas vezes, pode garantir um pódio numa disputa final).

 

Infelizmente, o treinamento não é capaz de aumentar a quantidade de carnosina disponivel no organismo. Por isso se dá a importância da alimentação/ suplementação nestes casos. A suplementação de beta alanina pode aumentar a quantidade de carnitina total corporal.

 

Mas, como tudo na vida, ela tem sua dose certa e não é “quanto mais melhor”. O efeito negativo da suplementação em excesso seria  a inibição de  algumas respostas metabólicas importantes geradas pelo treinamento. Assim, o ideal é iniciar a suplementação como uma estratégia algum tempo antes da prova alvo.

 

Temos recursos e suplementos excelentes para serem trabalhados. O problemas é que as pessoas querem usar tudo de uma vez só, na base do “quanto mais, melhor” e sem diferenciar cada suplementação para cada tipo de atleta e cada tipo de atividade. No final, a maioria acaba generalizando e concluindo que “não faz diferença nenhuma”. Tudo na nutrição esportiva é uma questão de planejamento e estratégia. Confie em seu nutricionista e os seus resultados virão!

 

Há outros meios de tamponamento deste pH, com outras estratégias e suplementos,  que podemos discutir em novos posts..

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s