Lac Free? Produtos sem lactose: vale a pena?

Lac Free? Produtos sem lactose: vale a pena?

FullSizeRender (21)

Então… diante de tantos modismos exacerbados, cada vez mais com a popularidade das redes sociais e o seu repasse de informações carentes de embasamento científico, vamos aos fatos…

 

Incialmente é importante entender alguns conceitos:

 

Existem dois tipos de produtos “sem lactose”: aqueles que naturalmente não contém lactose (por exemplo: “leite” de arroz; “leite” de soja, tofu..) e aqueles que conteriam lactose naturalmente, mas, de alguma forma, essa foi “retirada” (como é o caso dos leites de vaca “lac free” ou das versões de queijos “sem lactose”).

 

Aqueles que naturalmente não contém lactose não entram na discussão de hoje. Vamos focar se vale realmente a pena comprar os derivados de leite na versão “lac free”.

 

Para isso, é preciso entender só mais um conceito importante (ou melhor, fundamental): o que é a lactose? Lactose é um dissacarídeo, sendo mais clara, é a junção de duas moléculas – a galactose e a glicose – nada além disso. Ou seja, é um carboidrato.

 

Voltamos as versões Lac Free. Como fazemos então para “retirar” esse carboidrato (lactose) de algum tipo de leite ou derivado? Aí é que está toda a questão! A lactose não pode ser simplesmente retirada de algum produto! O que acontece na versão “sem lactose” é a adição de uma enzima, a lactase. Essa enzima (presente naturalmente em nosso organismo) digere a lactose, ou seja, quebra o dissacarídeo nos dois monossacarídeos: a glicose e a galactose.

 

Continuando o raciocínio. Se o seu objetivo é não consumir esses carboidratos, de nada adianta comprar um produto “lac free”, pois você estará consumindo exatamente os mesmos ingredientes com o mesmo valor nutricional e a mesma quantidade de carboidratos, porém, já previamente digeridos!  (É o mesmo que tomar o leite e ingerir junto uma cápsula do Lactaid – produto americano composto pela enzima lactase).

 

Esse raciocínio faz sentido somente para indivíduos que não digerem bem a lactose (tem pouca ou nenhuma produção da enzima), pois estes se beneficiariam por não sentirem incômodo abdominal após o consumo de leites.

 

Agora, se o seu objetivo é qualquer outro (perda de gordura, vida saudável… seja lá o que for), esse modismo de tudo “lac free” não faz sentido nenhum! Não é vantagem comprar essa versão do produto. Para quem quer reduzir o consumo deste tipo de carboidrato o que deve ser feito é realmente cortar (definitivamente) os derivados de leite!

 

No dia que a indústria tiver tecnologia para realmente retirar a lactose (todo o açúcar) presente no leite, a gente volta a conversar…  rs

 

Obrigada pela foto: Guilherme Guido

 

Um comentário em “Lac Free? Produtos sem lactose: vale a pena?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s