Antioxidantes e Treino de Força

Antioxidantes e Treino de Força

ramiresNo último post, eu escrevi sobre a implicação que teria suplementação de antioxidantes em um momento pré treino em atividades aeróbias. Hoje vou compartilhar o texto do Prof. Ramires Tibana, que fala sobre a atuação de antioxidantes no treino de força.

Suplementação de Vitaminas (C e E) inibe adaptações ao treinamento de força.

Embora a suplementação com antioxidantes seja geralmente prescrita e utilizada com o objetivo de melhorar a saúde (combatendo principalmente o stress oxidativo, através da diminuição das espécies reativas de oxigênio), estudos recentes têm contestado a sua utilização para melhora da performance física.

Recentemente, Paulsen et al., (2014) analisaram a efetividade da suplementação de vitaminas C e E (235 mg/dia) na sinalização de vias hipertróficas (MAPKs and p70S6K) e ganhos de força após 10 semanas de treinamento em homens e mulheres que já possuíam experiencia no treinamento.

Interessantemente, os resultados demonstraram que o grupo que recebia a suplementação das vitaminas C e E (antioxidantes) apresentaram menor ativação de vias intracelulares (MAPKs and p70S6K) relacionadas a hipertrofia quando comparado ao grupo que ingeriu placebo.

Além disso, o grupo que recebeu a suplementação das vitaminas apresentaram menor ganho de força.

Portanto, parece que para indivíduos que não possuem deficiência de vitaminas a suplementação adicional pode não ser uma boa estratégia visando aumento da performance física.

Foto: Ramires Tibana.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s