Alimentação no Carnaval

Alimentação no Carnaval

O texto desta semana é dedicado aos meus pacientes que irão viajar neste carnaval para relaxar e curtir! Por isso, muitos vão ficar sem treino nestes dias e com alguma dificuldade em seguir o programa certinho. O que é perfeitamente aceitável! A maioria das pessoas não são atletas, mas sim, pessoas buscando resultados cada vez melhores e qualidade de vida!

Neste caso, não ter os mesmos horários durante alguns dias e mudar um pouco a rotina é totalmente aceitável. Mas, nem por isso precisamos ir para um outro extremo de comer em 4 dias tudo o que não se come o ano inteiro! Nos meus programas alimentares busco sempre manter o equilíbrio hormonal e se o seu corpo já atingiu este equilíbrio, pode fazer algumas modificações alimentares nestes dias de carnaval, mantendo o seu organismo assim EQULLIBRADO, sem grandes mudanças hormonais.

Quando retornar, retorne ao programa normalmente, sem compensações.. OK? Nada de dietas radicais, que te farão reduzir a massa muscular.

Então, o que fazer durante estes dias? Quem já está acostumado com a atividade física se sente mal quando não faz nenhuma… Então, se puder, faça atividades mesmo que diferentes da tradicional. Uma corrida em tiros ou sprints de pedal já são suficientes para estimular a via m-Tor e manter a sinalização de hipertrofia.

Sobre a alimentação:
Opções de desjejum: combine alguma fonte de carboirdrato (fruta, pão integral, tapioca, aveia) com alguma fonte proteica (ovos, whey protein, caseína, queijo magro, peru), mas, além disso, inclua sempre fontes de fibras (como, por exemplo: farinha de maracujá, farelo de aveia, chia).

Se puder, leve alguma fonte prática de fibra alimentar . Ela te ajuda a não variar muito a insulina ao longo do dia, te mantando mais estável, além de ajudar o funcionamento intestinal (o que no caso de algumas mulheres é um problema! rs). A farinha de maracujá é fácil de levar e cumpre bem este papel. Pode ser usada dissolvida na água.

Procure manter (e não pular) o almoço e jantar.

Sobre os lanches, depende se você vai ficar sambando e precisando se manter com carboidratos ou se vai ficar apenas relaxando e com o gasto calórico bem reduzido. Mas algumas dicas fáceis de levar seriam:
frutas de baixo IG (maçã, pera..), castanhas, amendoim sem casca, bananada sem açúcar..

Algumas dicas que podem te facilitar: caso seja muito difícil encontrar alguma fonte de proteína, considere levar uma albumina (alguma marca sem carboidratos), que é uma proteína completa ou um whey concetrado..

Aproveitem! Beijos..

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s